Última aparição, 13 de Novembro de 1965

Última aparição, 13 de Novembro de 1965

13 de Novembro de 1965 : última aparição de Nossa Senhora a Conchita.

 

“ No sábado, 13 de Novembro de 1965, eu já sabia através de uma locução que tivera na Igreja, que ira ter uma nova e especial aparição de Nossa Senhora nos pinos, na qual ela iria beijar objectos , para que eu pudesse distribuir por todos, acontecimento de grande importância.”

Conchita estava desejosa que esse dia chegasse. Nesse dia estava a chover, mas ela não se importou e foi aos “ pinos”. Levou consigo muitos rosários.

No momento em que tirava os objectos dos meus bolsos, ouvi uma voz suave, a voz que logo de imediato reconheci ser de Nossa Senhora, pois é inconfundível. Chamou pelo meu nome e eu disse-lhe: ” Eu venho entregar-te alguns rosários para que Tu possas beija-los.”. Nossa Senhora respondeu: “ Estou a ver que sim . “

 

Eu tinha na altura um pedaço de pastilha elástica dentro da boca, mas quando Nossa Senhora apareceu, eu deixar de mascar . Deixei colado num dos dentes molares. Mas obviamente Ela sabia da sua existência e disse:

“ Conchita, porque não desistes da tua pastilha elástica e ofereces este sacrifício para a Glória do meu Filho ? “

Eu, envergonhada, tirei a pastilha da boca e deitei fora.

Ela disse-me depois: “ Lembras-te o que te disse no dia do teu aniversário ( 8 de Dezembro), que tu irias sofrer muito na terra ? Tem fé em nós e tu irás oferecer os teus sofrimentos para os nossos corações e para o bem dos nossos irmãos. De seguida sentirás que estamos perto de ti.”

Conchita agradeceu a Nossa Senhora por Lhe aparecer e pelas graças que recebeu Dela.

Nossa Senhora responde: “ Conchita, eu não venho apenas por ti, mas por todas as crianças com o objectivo de as trazer junto para os nossos corações.” E disse de seguida “ Dá-me tudo o que tens para que Eu beije.”

Eu tinha um crucifixo comigo. Ela beijou e disse-me “coloca nas mãos do Menino Jesus.”

Perguntei-lhe: “Levarei este crucifixo comigo para o Convento ?” Nossa Senhora não respondeu.

Quando Nossa Senhora beijou todos os objectos, Ela disse-me: ” Graças a estes beijos

Sobre estes objectos, o meu filho realizará verdadeiros milagres. Distribui-os.”

 

Nossa pediu-me depois para falar sobre os pedidos que as pessoas pediram para dizer a Nossa Senhora, e eu fiz isso.

Depois Ela disse: “ Fala-me Conchita, conta-me mais coisas sobre as crianças, Eu quero guarda-las todas elas debaixo do meu manto.”

Eu disse-lhe:” É muito pequeno, nem todas elas conseguem caber lá.!

Nossa Senhora sorriu e disse depois: “Sabes Conchita, porque é que eu não vim a 18 de Junho entregar-te a mensagem final ao Mundo? Porque era demasiado penoso dizer-vos essas coisas pessoalmente. Mas isto deve ser dito, para o vosso próprio bem, para a Glória de Deus. Eu amo-vos muito. Eu desejo que todos vós vos salvem e que venham todos para o céu, junto com o Pai, o Filho e o Espirito Santo. Nós podemos contar contigo Conchita, não podemos?

E eu respondi: “ Se eu pudesse ver-Te todos os dias, sim, Caso contrário, eu não sei. Sou demasiado fraca.”

Nossa Senhora respondeu: “Faz tudo o que possas fazer da tua parte, que nós iremos ajudar-te:”

Ela disse-me depois: “Esta é a última vez que me vez aqui, mas Eu estarei sempre contigo e com todos os meus filhos.”

Ela disse-me também: “ Conchita, porque é que não visitas o meu Filho, no tabernáculo (Santíssimo Sacramento) mais vezes? Ele espera por ti, de dia e de Noite.”

 

Naquele dia, como já tinha dito estava a chover, mas tanto Nossa Senhora como o Menino Jesus não estavam molhados. Enquanto estava lá, não parecia estar a chover, mas quando terminou, apercebi-me que estava toda molhada.

 

Nossa Senhora disse então: “ Lembra-te que quando tu fores presente perante Deus, tu terás que mostrar mãos cheias de trabalhos que fizestes para com os teus irmãos e para a Sua Glória. Neste preciso momento elas estão vazias.”

 

E tudo terminou. O momento de felicidade que eu tive com a Mãe do Céu, minha melhor amiga, e com o Menino Jesus, acabou. Deixei de Os ver, mas não parei de sentir presença Deles….

 

- 14 de Novembro de 1965: Conchita fala com o editor alemão sobre diversos temas

 

Estes temas serão publicados em 1993, num determinado livro. Muitos assuntos são falados, tais como os últimos papas, a futura unidade da Igreja, o aborto, ponto esse que causará o enchimento da taça.