Albrecht Weber, apostólo de Garabandal na Alemanha

Albrecht Weber, apostólo de Garabandal na Alemanha

ALBRECHT WEBER 1937 – 2014

Apóstolo de Garabandal

 

A 14 de Novembro de 2014, Albrecht Weber natural de Alemanha passou para o seu eterno descanso quando tinha a idade de 76 anos. Não sabemos qual foi a causa da morte, mas possivelmente devido a um problema cardíaco, já que durante alguns anos sofreu de problemas de coração. Após a morte da sua mulher em 2003, Albrecht Weber nunca conseguiu recuperar totalmente deste acontecimento trágico que ocorreu na sua vida. No entanto, sempre foi um grande devoto de Garabandal, tendo até arranjado forma de ser sepultado na aldeia (a sua mulher encontra-se sepultada na Áustria, sua terra natal).

Quando era novo, Albrecht trabalhou como operador de câmara e tornou-se num bom engenheiro de som, tendo até tido o seu próprio estúdio de gravação. Foi ele que instalou anos mais tarde um sistema de áudio na Catedral de Lisboa. Foi um homem de sucesso, tendo comprado uma casa em Garabandal e um apartamento em Fátima.

Albrecht ligou-se com a história de Garabandal em 1965, quando visitou Garabandal pela primeira vez, precisamente no dia em que Conchita teve a sua última aparição de Nossa Senhora, a 13 de Novembro de 1965. No dia a seguir a essa última aparição, ele e outros (a sua mãe, Elisabeth e Eloisa de Guia), tiveram uma longa conversa com a vidente Conchita, na qual Albrecht adquiriu muita informação sobre as aparições e que só ficou a ser revelada após a publicação do seu livro em alemão, “ Der Zeigefinger de Gottes”, livro que foi publicado em 1992. Ele revelou nesse livro que o “ Papa iria a Moscovo “mesmo antes da grande tribulação começar. (Nota do apostolado de Garabandal em língua portuguesa: Tivemos a graça de termos tido a oportunidade de conhecer o Sr. Albrecht e fizemos a pergunta sobre esta questão do Papa ir à Rússia. O Sr. Albrecht respondeu-nos afirmativamente, mas apenas corrigiu-nos dizendo que Conchita disse que o Papa iria visitar Moscovo, não disse a palavra Rússia, mas sim Moscovo. Moscovo como sabemos é a capital da Rússia. Isto só para demonstrar a grande rectidão que era este homem, uma pessoa que procurou sempre a verdade e o rigor da informação. Sabemos também que o seu livro teve naquele tempo uma dedicatória especial do Papa João Paulo II, que lhe dedicou uma mensagem pessoal no seu livro, na qual o Papa impulsionava-o a continuar o seu trabalho de dar a conhecer a mensagem de Garabandal antes que fosse tarde demais. Isto detalhe só foi revelado muitos anos mais tarde. Uma pessoa de grande humidade!)

Quando foi questionado sobre este assunto, o mesmo afirmou que tudo isso tinha sido escrito e confirmado pela sua própria mãe, que foi quem escreveu tudo aquilo que Conchita revelava durante essa conversa particular. Albrecht também mencionou que numa locução de Conchita, uns dias depois desta conversa (15 de Novembro de 1965), que Nossa Senhora disse que ele começaria a ser um grande divulgador da mensagem assim que outro terminasse. E realmente isso aconteceu. Franz Speckbocker foi um dos principais promotores de Garabandal na Alemanha até 1990, ano no qual terminou o seu apostolado de Garabandal. Albrecht começou o seu apostolado pouco tempo depois. Ele publicou quatro livros sobre Garabandal, assim como outra literatura, produziu CD´s e uma imagem de Nossa Senhora. Fez também a narração da mensagem de Garabandal em alemão, vídeo produzido pelo centro de Nova Yorque, reproduzindo esses vídeos no seu próprio país.

Albrecht doou também algum dinheiro para a recuperação da Igreja paroquial de Garabandal cuja restauração ficou completa em 2012. Que descanse em paz.

 

 

Traduzido para língua portuguesa pelo apostolado de Garabandal em língua portuguesa

12-10-16