Entrevista às videntes sobre o futuro grande Milagre de Garabandal

09-10-2016 22:05

ENTREVISTA ÀS VIDENTES SOBRE O FUTURO GRANDE MILAGRE

 

JACINTA - Fevereiro de 1977

 

Nossa Senhora nunca falou do Milagre a Jacinta. Sempre que ela perguntava a Nossa Senhora sobre o assunto, Ela dizia: “ Todos irão crer.”

 

MARI-LOLI - Fevereiro de 1977

 

Pergunta: Quem te falou sobre o Milagre?

Resposta: Foi Nossa Senhora.

Pergunta: Que sabes sobre o Milagre?

Resposta: O que eu sei é que acontecerá no espaço de um ano a seguir ao Aviso.

Pergunta: Irás com a tua família ver o Milagre?

Resposta: Se Deus assim quiser.

 

CONCHITA GONZÁLEZ - Ano de 1973

 

Pergunta: O que acontecerá no dia do Milagre?

Resposta: Vou tentar falar daquilo que Nossa Senhora me disse sobre ele. Nossa Senhora disse-me que Deus ia fazer um grande milagre e que não haveria nenhuma dúvida que fora um Milagre. Virá directamente de Deus, sem qualquer intervenção humana. O dia, o mês e o ano desse acontecimento, foi-me dado a conhecer. Por isso eu sei a data da sua realização.

Pergunta: Quando será esse dia?

Resposta: Não me foi permitido dizer exactamente sobre o que vai acontecer. O que eu posso revelar é que todos aqueles que estiverem em Garabandal verão o Milagre. Também disse que todos aqueles que estiverem lá para presenciarem o Milagre

serão curados, independentemente da sua religião que professam. Têm é que estar ali em Garabandal.

Pergunta: Disseste um dia que as pessoas que presenciarem o Milagre, converter-se-ão?

Resposta: Nossa Senhora disse-me que todas as pessoas ali presentes acreditarão. Verão que virá directamente de Deus. Todos os pecadores que estiverem presentes, se converterão. Também disse que se poderia tirar fotografias do Milagre, bem como filmá-lo. Além disso ficará lá nos “ pinos”um sinal permanente em que todos poderão ver e tocar, mas não sentir. Não te sei explicar.

Pergunta: No dia do Milagre, haverá algum sinal visível sem intervenção humana?

Resposta: Sim, ficará lá até à consumação total dos séculos.

Pergunta: Tu disseste que o sinal poderá ser televisionado, fotografado, mas não o poderemos sentir ao tacto?

Resposta: Será como o fumo, podes tocá-lo sem o sentir.

Pergunta: Em relação aos doentes, Nossa Senhora falou de alguém em particular, de um cego chamado Joey Lomangino? O que disse sobre ele?

Resposta: Disse que recuperaria a vista no dia do grande Milagre. Também falou de um menino paralítico, cujos pais são da minha aldeia de Garabandal. Esse menino também ficará curado. Estas são as únicas pessoas de quem falou.

Pergunta: Podes dizer-nos algo sobre o Padre Luís Andreu?

Resposta: Sim, esse sacerdote veio com alguma frequência à aldeia para se ver as aparições eram verdadeiras ou não. Ao fim de algum tempo, ele passou a acreditar nelas. Numa determina ocasião em que estávamos em êxtase nos “ pinos “, o padre Luís começou a gritar: “ Milagre, Milagre, Milagre “. Quando isto aconteceu, Nossa Senhora disse-nos que o Padre Luís estava vê-la naquele momento e também a ver o grande Milagre que ocorrerá no futuro.

Pergunta: O padre Luís estava mesmo a ver o Milagre?

Resposta: Sim. Nesse mesmo dia, de regresso a casa, o Padre disse aos seus amigos: “ Este é o dia mais feliz da minha vida! Que grande Mãe nós temos no céu! As aparições são verdadeiras”. E ao pronunciar estas palavras, o padre Luís morreu.

Pergunta: Nossa Senhor, não disse que no dia do Milagre iria acontecer algo a respeito do Padre Luís?

Resposta: Sim, disse que no dia do milagre descobrir-se-á que o seu corpo estará incorrupto.

 

7 de Fevereiro de 1974

 

Pergunta: Falaste que o dia do Milagre coincidirá com um grande acontecimento da Igreja? Nossa Senhora disse-te em que consistia e podes acrescentar algo a tudo aquilo já que falastes sobre isso?

Resposta: Sim, eu sei em que consiste esse acontecimento. É um acontecimento singular da Igreja que aconteceu em algumas ocasiões e que nunca sucedeu durante a minha vida presente. Não é nada de novo, nem extraordinário, no entanto é algo raro, por exemplo, como a definição de um dogma, algo que afectará toda a Igreja. Ocorrerá no mesmo dia do Milagre, mas não será consequência desse sinal, será apenas mera coincidência.

 

 

Pergunta: Como anunciarás o Milagre?

Resposta: Não o sei exactamente. Mais concretamente, à meia-noite avisarei ... a rádio, a televisão, e todos aqueles que crêem e que possam ajudar a propagar a notícia rapidamente. Não estou preocupada com isso. Se Nossa Senhora quiser que essa pessoa esteja lá, essa pessoa estará lá.

Pergunta: Joey disse que iria para Garabandal logo a seguir ao Aviso. Sabes quanto tempo decorrerá entre o Aviso e o Milagre?

Resposta: É uma boa ideia que Joey vá para Garabandal, no entanto não sei quanto tempo decorrerá entre o Aviso e o Milagre.

Pergunta: Pensas com frequência no dia do Milagre, e esperas com impaciência o Aviso e o Milagre?

Resposta: Às vezes parece-me que está muito longe e às vezes que está eminente. Parece-me muito próximo quando vejo que as pessoas não cumprem com a mensagem, porque depois do Milagre poderá haver um castigo. Eu espero com impaciência, sim. Nossa Senhora nunca mente. Para que as palavras de Nossa Senhora sejam cumpridas, terá que acontecer o Aviso e o Milagre. Tudo isso constitui uma única mensagem.

Pergunta: Durante as duas ocasiões em que Nossa Senhora falou sobre o Joey, ele disse-te algo mais para além da profecia dos seus olhos?

Resposta: Em relação ao Joey, tudo aquilo que me recordo agora foi que no dia do Milagre Joey terá novos olhos, e que a partir daí verá permanentemente.

 

Fevereiro de 1977

 

Pergunta: Vistes o milagre ou falaram-te sobre ele?

Resposta: Nossa Senhora falou-me sobre o Milagre, deu-me a entender em que consistia concretamente.

Pergunta: Estavas sozinha ou com as tuas amigas quando Nossa Senhora falou-te do Milagre?

Resposta: Não me recordo. (Nota: Segundo as notas do Padre Valentim Marichalar, sacerdote de Garabandal nessa época, Conchita estava sozinha quando recebeu esta mensagem).

Pergunta: Como será o Milagre?

Resposta: Mesmo que tentasse explicá-lo, não conseguia fazê-lo bem. O melhor é esperar e ver.

Pergunta: Queres repetir a informação referente aos meses em que podemos esperar o Milagre?

Resposta: De Março a Maio.

Pergunta: Alguns dizem que o modo como anunciarás o Milagre, será em si um grande milagre, podes explicá-lo?

Resposta: Creio que o modo como se anunciará o Milagre será um Milagre, porque é uma enorme responsabilidade para mim e nessa altura vai-me fazer falta um Milagre para o conseguir dizer.

Pergunta: Se me encontrar longe da povoação de Garabandal, nas montanhas, e vir na mesma os “ pinos”, poderei ver o Milagre? E os doentes que estiverem aí, também ficarão curados?

Resposta: Poderás presenciar o Milagre claramente, e se Deus quiser essas pessoas ficarão também curadas.

Pergunta: Tem-se dito que em outros sítios, nomeadamente santuários Marianos, as pessoas que se deslocarem a eles nessa altura, poderão ficar curados no dia do Milagre. Que sabes a esse respeito?

Resposta: Nossa Senhora não nos disse nada sobre esse assunto.

Pergunta: Os que crêem firmemente no Milagre, mas que não possam estar presentes no dia do Milagre devido às suas circunstâncias, por exemplo, os sacerdotes e religiosos de clausura, receberão alguma graça nesse dia?

Resposta: Pessoalmente não sei. Depende das pessoas, dos seus desejos, da sua fé, do seu sacrifício, da sua obediência.

Pergunta: Nossa Senhora disse alguma coisa em relação à enorme multidão que pensa estar em Garabandal alguns dias antes do dia do Milagre? A alguns preocupam algumas questões tais como provisões de alimentos, aspectos sanitários, etc. Tens algum comentário a fazer a esse respeito?

Resposta: Que deixem tudo nas mãos de Deus. Que façam o que puderem e que se lembrem que “Deus faz milagres.”