A consequência do futuro Milagre: A união dos cristãos na Santa Igreja católica, apostólica e Romana

12-10-2016 23:15

O que foi profetizado em Garabandal sobre a união dos cristãos?

 

 

1 de Outubro de 1961

 

Após ter terminado nesse dia o êxtase de Conchita, ela falou com o Don Valentim que Nossa Senhora teria-lhe ensinado um ponto muito importante, mais importante que todos os escritos e anotações que o Don Valentin tinha feito até ao momento. Este assunto, poderá estar ligado certamente com a futura conversão e reunificação das Igrejas, de acordo com o que disse Conchita a Placido Ruiloba na altura:

“ Porque criticas os protestantes, uma vez que em breve eles estarão reunidos connosco”.

Terá isto a ver como futuro grande evento da Igreja? Unificação das Igrejas de Cristo?

Numa determinada altura, um Protestante, Maximo Foerschler, foi pela primeira vez a Garabandal. Nossa Senhora, através das meninas disse-lhe algo do género:

“Ele acredita em Deus, mas pouco em Mim. Ele há de acreditar….”

 

 

11 de Outubro, 1961

Unidade dos Cristãos

  

 

As conversas entre o falecido e as meninas, parece de certa maneira terem andado à volta do assunto do ecumenismo. Neste dia de festividade da maternidade de Maria, o Padre Luís Andreu e Conchita voltaram a falar sobre a questão profética já levantada no passado dia 1 de Outubro: “ Todas as Igrejas serão unificadas?”, e o Padre Andreu disse-lhe: “ “Sim, serão todas unificadas”. Conchita ficou na altura extremamente contente com estas notícias de carácter profético. Em Novembro de 1965, Conchita voltaria de novo a confirmar a veracidade desta revelação a um editor alemão, Albrecht Weber·. Ela voltou a clarificar aquilo que Nossa Senhora tinha-lhe dito no que concerne ao grande evento da Igreja que estará para vir:

Ela (Nossa Senhora), disse-nos que as Igrejas divididas, serão reunificadas. Apenas haverá uma “religião”. Uma melhor tradução: “ As Igrejas cristãs serão uma só na Igreja Católica “.

Daqui se percebe o significado pelo facto de Conchita ter recitado no dia 1 de Agosto de 1961 o credo “ …una, Católica, apostólica e Romana …”

 

 

18 de Novembro de 1962: festa da Consagração da Basílica de S. Pedro e Paulo

 

Nossa Senhora informou Conchita que o Concílio e o futuro Milagre irão ajudar na conversão de todo o Mundo.

Um dos principais pontos do Vaticano II reside na perfeita unidade de todos os cristãos. Parece lógico que Nossa Senhora aproveitou este dia para clarificar que no dia do Milagre “as Igrejas divididas se tornarão uma só”.

Apesar de não termos certeza absoluta sobre este ponto, parece mesmo que Conchita recebeu de Nossa Senhora informação complementar sobre os acontecimentos do dia do Milagre, dia esse que coincidirá com um grande evento da Igreja.