CONCHITA

 

 

A Conchita, tinha na altura das aparições 12 anos. Era uma menina morena, bem-parecida, cheia de vida e dotada de uma inteligência acima da média. Ela era a única filha de Aniceta González, que era viúva já alguns anos. Tinha três irmãos, Serafin, Aniceto e Miguel. A família possuía uma pequena propriedade no cimo da montanha que era gerida pelos irmãos mais novos. O seu irmão mais velho trabalhava nas minas de carvão, situada na província de León. Toda a família vivia numa casa pequena que tinha situado logo na sua entrada, uma cozinha com uma lareira rudimentar. Foi aqui que durante diversas ocasiões se observou alguns dos momentos de êxtase de Conchita e das restantes meninas.

 

 

MARI-LOLI

 

 

Maria Dolores, chamada de Mari-Loli é a segunda de seis crianças. O seu Pai Ceferino Mazon é o presidente da junta de Garabandal, e transmitia uma imagem de respeito e autoridade. Ele geria ainda um café, da qual era dono. A Loli era uma criança calma, mas sempre muito sorridente, obediente e ajudava a sua mãe nas tarefas diárias. Além disso, tomava conta da sua irmã mais nova, de nome Guadalupe.

 

JACINTA

 

A Jacinta era uma criança encantadora e muito engraçada. Os seus pais eram dos mais pobres da aldeia e a sua casa era muito humilde, no entanto eram sempre muito hospitaleiros. O seu Pai, Simon, para além de ser considerado um homem trabalhador, era também um homem de muita fé. A sua Mãe, Maria González, era encantadora tal como a sua filha, mas muito tímida e envergonhada. Jacinta é das quatro meninas de Garabandal, aquela que mais interioridade possuía.

 

MARI-CRUZ

 

 

A quarta menina, Mari-Cruz, a mais nova de todas elas, tinha apenas 11 anos, no entanto era tão alta como as suas companheiras. Era uma menina caseira, pouco sociável. Mais tarde, ela será a menina que sofrerá mais, e aquela que menos momentos de êxtases irá ter. Após o dia 12 de Setembro de 1962, a sua face irá transparecer uma grande tristeza pelo facto de não voltar a ver mais Nossa Senhora nos momentos de êxtase.

 

 

Estas quatro crianças eram todas saudáveis, apresentavam possuir estatura e peso médio, próprio para a sua idade. Todos os médicos que as examinaram, verificaram que não tinham qualquer problema de saúde física e psicológica. Se formos a compará-las com as crianças da cidade, verificava-se que o seu desenvolvimento intelectual estava muito abaixo, parecendo tratar-se de meninas com 7 anos de idade.